domingo, 4 de junho de 2017

Um Passeio pelas Astúrias

Astúrias, Marina Lucense e Playa de las Catedrales _ Circuito cultural

Tazones

 Outro dia, outros destinos...

Levanta-mo-nos cedinho e estrada fora apreciava a paisagem,  através das vidraças ia captando fragmentos da mesma, tentando trazer para casa tudo de belo que meus olhos viam .
 Ao longe o mar límpido e de um azul maravilhoso convidava a uma visita.
Chegámos a Tazones,  dizem que o rei D. Carlos V se enamorou desta vila  e como tal é o único porto asturiano com carácter imperial .
Trata-se de  uma típica povoação piscatória e é notório a ligação desta gente com o mar.
 Suas coloridas casas  ornamentadas com "frutos" do mar, cheiram a mar... são uma extensão do mar.
A casa que mais me impressionou e creio, impressiona quem por ali passa, foi a casa das conchas totalmente revestida de conchas de bivalves.
 Em Tazones existem também percursos pedestres, e claro que a ideia de um dia regressar em família ficou  a pairar... poderá ser apenas um sonho... quiçá... mas uma coisa estou certa,  jamais deixarei de sonhar ! É grátis e faz-nos tão felizes...
Por ora deixo um pedacinho do que vivi e não apenas sonhei, neste local tão peculiar. Tazones.




A caminho de Tazones



As cores de Tazones






 A Igreja de Tazones


A Casa das Conchas



Porto de Tazones


E seguimos a Villaviciosa...  Mas isso fica para outro post.

sábado, 3 de junho de 2017

Um Passeio Pelas Astúrias


   Astúrias, Marina Lucense e Playa de las Catedrales _  Circuito Cultural _

 Covadonga

Já tinha visitado os Picos da Europa em família e apesar de ter feito três vezes férias nas Astúrias, muito ficara por visitar e ainda ficou ...
 O destino surgiu,  em consequência, da minha viagem a  Itália, sem  me preocupar muito parti à aventura, o que viesse seria decerto "lucro ", viajar enriquece-nos. E, na companhia de mais 65 pessoas, dos quais,  apenas três eram portugueses ,  fui em busca da paz que a natureza me transmite, da cultura   que me enriquece, da gastronomia / mesmo que limitada para mim que sou vegetariana /  do convívio e claro está, de bons planos fotográficos. Além  da satisfação que viajar sempre me dá.

  Após uma longa viagem de autocarro turístico, chegámos  a Gijon  cidade de alojamento  e  que só  vim  a conhecê-la melhor, no ultimo dia de viagem.

O circuito começou  por visita ao Santuário e subida aos lagos de Covadonga .
A manhã  estava fresca,  um véu de neblina descia das montanhas tornando-a misteriosa.
 Eu, esperava ansiosa que, à chegada aos lagos,  a mesma se tivesse dissipado complemente a fim de conseguir uma boa foto do local, a luz estava magnifica ! ... o local, esse... maravilhoso tal o recordava, desta vez limpo,  sempre belo, menos misterioso,  permitindo  eternizá-lo como há muito o desejava.
Não foi ainda desta que consegui uma boa foto dos dois lagos, Ercina e Enol, pois a passagem para o Lago Ercina encontrava-se interrompida para melhoramento de acesso,  impedindo-nos a proximidade ao miradouro.
 O Verão está a chegar e sei,  por experiência própria que estas montanhas  vão ficar povoadas de caminheiros e amantes da natureza... e como tal,  há que "arrumar a casa " para os receber...



   Perspectiva do Lago Enol


 Subindo a cadeia montanhosa


A recompensa ... esta paisagem magnifica esperava por mim ....


Um tempinho após a subida é hora de descer e visitar a Basílica  de Covadonga


  Um passeio pela primeira capital das Astúrias  Cangas de  Onis




  E assim foi a minha visita a Covadonga